Traumatizei com o dia dos namorados

Foto tirada em 13 de junho de 2008 em Cannes pertinho da minha antiga casa, lá pelas 10 horas da manhã e com a temperatura em -2ºC. Solitária e ainda indignada. Não tinha saído do estado de choque ainda. Foi o dia dos namorados mais triste da minha vida, até hoje não conseguir me recuperar do trauma.

Namorei 4 anos da minha vida com Gerard Clement Desgranges do qual estava noiva e prestes a me casar em julho de 2008. Gerard um homem 5 anos mais velho que eu e muito, mais muito rico! Duque de Desgranges e dono de uma vinícola nos arredores de Antibes. Gerard sempre um amor comigo, fazia tudo que eu queria, me enchia de jóias caras, roupas de grifes e viagens pelo mundo. Eu amei Gerard muito, muito mesmo! Não só por causa do dinheiro, mas porque ele era um gentleman (não pense que pelo fato de ser piauiense, eu só me interesso por dinheiro, viu?).

Então, o homem da foto acima é Gerard, meu ex-noivo. Íamos nos casar, mas ele simplesmente me traiu com meu guarda costas, um nigeriano chamado Claudius. Mesmo eu sendo esperta, nunca desconfiei de nada. Pois Gerard nunca me negou fogo e ainda não consigo imaginá-lo dando ré no quibe. Três dias antes dos namorados em 2008 (ano do desastre), meu guarda-costas tinha folga um dia antes e já deveria estar cedo na minha casa para trabalhar, precisei sair para resolver uns problemas no banco e fui sozinha sem ele, depois  fui ao palácio de Gerard e entro devagar, sem fazer barulho e vi que tinha alguem na cozinha, quando chego na cozinha, dou de cara com meu guarda-costas Claudius se pegando com Gerard.

Gritei! Esperniei! Quebrei seus vasos caros! Quebrei minhas unhas arranhando os dosi. Bem que eu sabia que o Gerard era afim de  um negão, não custava nada ter me dito antes, eu iria entender. Só não gostei de ser feita de palhaça. Fiquei LOCA LOCA LOCA! E tinha que ser logo meu segurança?! ARGH! Tirei essa foto dos dois depois de um tempo quando eles se assumiram numa rua em Amsterdã onde os encontrei e estou aqui divulgando.Sou muito mente aberta, tenho muitos amigos gays e os amo muito. Os gays são mais bonitos, mais bem vestidos, se cuidam mais, são mais inteligentes e cultos, são mais ricos, fazem sexo muito melhor que muito machão por aí e sabe realmente do que as mulheres gostam, são educados e finos. POXA! Assim era Gerard e assim são muitos amigos gays que tenho espalhados pelo mundo. Depois disso não tive mais namoros longos, fico pensando que todo homem é gay.

Quando cheguei em Teresina e fui a um PUB e depois numa boate hetero, vi um rapaz bonito e paquerei com ele, quando tomei umas e decidi tomar a iniciativa, ele me disse em alto e bom tom: “Meu namorado tá bem aqui do lado!”, daí #traumatizei! Já que em Teresina a escassez de heteros é cada vez maior, o jeito é apelar para os homens feios e lisos e até esses mesmos botam banca.

Não sou mal amada e nem recalcada. Apenas expresso aqui minhas emoções através dessa triste lembrança, falo de sentimentos e do que eu sinto! Me sinto só, fui traida.

Se você pensa que mulher rica e bonita não sofre, está redondamente enganado(a)! Ai como sofro!

2 Comments

Filed under Uncategorized

2 responses to “Traumatizei com o dia dos namorados

  1. Mylena

    Quanta idiotice…meu Deu do céu e eu ainda leio…
    Aff

  2. Fabricio

    Vai ficar tudo bem ,você vai encontrar um cara especial que te ame de verdade… e deseje tudo de bom pro seu ex, não pague traição com traição e sim com perdão . . . forte abraço.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s