o dia em que eu fui abordada por Thanis Killian

Hoje acordei ás 9 da manhã e decidi fazer algo diferente, peguei minha cadela da raça Chow-chow Abigail para passear e fomos dar uma volta pelo centro da cidade de Teresina, na Praça Pedro II em uma bela manhã de sábado, que poderia ser bela se o mau cheiro de cocô e mijo não estivesse por cima. Quando eu e Abigail já estávamos em cinquenta tons de violeta de tão tontas de passar mal com toda a catinga e decidimos ir embora, já não me basta a quantidade de assombrações que tenho durante o dia e, me aparece uma figura horrenda, de cabelos grandes, dentes amarelados e bafo de carniça-cocô-xixi-cebola-alho-pinga na minha frente. Fiquei muito assustada pensando que fosse um travesti, a pombajira, uma cigana, um hippie querendo vender colarzinho ou um assalto.

Como minha refinada educação européia de Primeiro Mundo não me permite  ser indelicada, o início de nosso dialógo foi:

– Você é drag queen?

– Não! Sou Thanis Killian. Com “T”, “H”, “K” e dois “L’s”.

– Oh la la!!!

Abigail estava histérica, latia sem parar, desesperadamente. Já havia dito a ela que era pra se acostumar com certos “tipos” de pessoas, afinal, estamos no Piauí e tudo pode acontecer. Thanis começou a ficar pegando em mim, nas minhas mãos e eu com ódio porque havia me esquecido do meu álcool em gel. Com vontade de largar spray de pimenta com buriti nos olhos dele. Ainda bem que ele(a) não pegou no meu cabelo, se não furava seus olhos com um espinho de pequi.

Só fiquei mais calma quando ele começou a me elogiar: “Posso ser sincero? Você é tuudooo!”, “Ah! Você é linda!”, “Você é uma celebridade! UM LUXO! O PODER!”, “A cara da riqueza”. Só que ao mesmo tempo ele falava e ficava fazendo um movimento estranho com as pernas que não sei descrever. Dei um sorrisinho falso e sem querer desdenhar disse “Merci beaucoup”.

Thanis me disse que já fez de um tudo para ser celebridade nacional. Já tentou onze vezes participar do Big Brother Brasil e não conseguiu (era de se esperar), tentou representar o papel de Frank Aguiar no cinema no filme sobre sua vida, mas o que muitos não sabem é que Thanis Killian tem um filme, um documentário sobre sua vida. Assistam o trailer:

Com mais de dez perfis no orkut e várias comunidades que levam seu nome, inclusive tem sua comunidade mais famosa que é “Eu já fui abordado pelo Thamis”  que tem mais membros que a comunidade “Eu amo o Piauí”, clique aqui e faça parte também da comunidade de Thanis. E como se não bastasse, Thanis Killian tem Twitter e um perfil no facebook (pois a ralé tá aderiando e avacalhando também).

Ele me falou dos seus sonhos e desejos, que tem vontade de puxar um trio elétrico no carnaval de Salvador junto com Ivete sangalo e que antes seu sonho era ser paquita da Xuxa, mas hoje ele pensa bem maior: “Ele quer ser a Xuxa” e me disse que no mundo só tem vaga para duas princesas (ele e Sasha) e duas rainhas (Ele e Xuxa).

Espero que ele consiga realizar seus sonhos. Torço muito! Pelo menos no Piauí ele é reconhecido (grande coisa).

4 Comments

Filed under cafonices, celebridade piauiense, chow chow, cultura, humor, thanis killian

4 responses to “o dia em que eu fui abordada por Thanis Killian

  1. Pingback: pioi

  2. vc e o kra pow parabens

  3. Zemus

    Achei muito legal, mesmo sem saber quem é o Thanys. Ele, por acaso, é MIB?

  4. alberto lins

    olha nunca vii uma pessoa taooo ridicula feito esse tal de thanis ..viado vei maluco..no dia que mi aboradr meto um murro na cara dele!!!!!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s